{Especial de Maio} Romances de Época: Personagens Masculinos Preferidos


Neste especial de maio sobre romances de época, já falei sobre a questão da nacionalidade, tanto dos enredos quanto das autoras, e falamos principalmente sobre Os Bridgertons; quem eram meus favoritos, a personagem que eu considero a melhor e a que acho excluída e, por fim, sobre as curiosidades da série.

Este post em questão será focado nos personagens masculinos que são meus preferidos, englobando todos os livros de romance de época que já li/resenhei aqui no blog, porque afinal, a vida não é só sobre Os Bridgertons, non?

Para não ficar um post muito grande, vou colocar apenas 5 mocinhos que me marcaram e todos estão no mesmo patamar, todos iguais... Ok, talvez alguns se destaquem mais, mas nunca admitirei quais! Hahahaha

Será que algum que está na minha listinha também está na de vocês? Vem conferir!
Richard Jenkins Photography
1 - Anthony Bridgerton (O Visconde Que me Amava)

Eu simplesmente não posso começar nenhuma lista sem mencionar meu amado Anthony Bridgerton! Acho que quem me conhece já deve estar de saco cheio de eu sempre colocá-lo no top das paradas e sei que tem muita gente que vai concordar comigo! Hahahaha

Anthony teve que tomar a frente da família muito cedo após o trágico falecimento do pai devido à uma reação alérgica à picada de uma abelha. Além de cuidar da mãe e dos irmãos, ele ainda tinha o título de visconde sobre seus ombros e todas as responsabilidades que vêm junto.

Sempre vi o mais velhos dos irmãos Bridgertons como um observador reservado, meio que distante... Mas é aí que seu caminho cruza com o de Kate e a história fica ainda mais apaixonante! Ah, e não vamos esquecer a fobia dele com abelhas, rende ótimas cenas!


Richard Jenkins Photography
2 - Piers Yelverton (Quando a Bela Domou a Fera)

Piers me conquistou pela sua forma ácida e inteligente de lidar com as coisas... Mas principalmente por ele ser uma cópia de época do doutor Gregory House!

Acredito que por seu constante péssimo humor, sua língua afiada e por sempre estar atacando e quem quer que esteja no caminho, o conde de Marchant é considerado como um mocinho ogro. Mas ele é um daqueles ogros que amamos, mesmo tendo tudo para ser odiado.

Mas o que mais me deixou com o coração na mão, à respeito do personagem, é ele se considerar danificado demais para a jovem Linnet, mocinha do livro.

Aí você fica roendo as unhas rezando para que quando Piers ter aquele insight, típico dos gênios, não seja tarde demais...

3 - Mathew Swift (Escândalos na Primavera)

De todos os mocinhos da série 'As Quatro Estações do Amor', Mathew Swift foi o que mais me conquistou. Ele é totalmente diferente dos mocinhos de romances de época que temos por aí.

Embora ele não tenha nenhum título de nobreza, Mathew conseguiu conquistar o sucesso com seu próprio trabalho, esforço e sem nenhum respaldo familiar, já que era completamente sozinho. Ele cresceu e se tornou um empresário bem sucedido a partir da oportunidade que lhe fora dada por Thomas Bowman, pai de Daisy Bowman, protagonista do livro em questão.

E outro ponto que me fez gostar muito do Sr. Swift, é que ele foi o primeiro mocinho que vi que tinha certeza de seus sentimentos para com a mocinha...

© Lee Avison / Trevillion Images
4 - Conde de Longmore (Escândalo de Cetim)

Conde de Longmore se tornou um dos meus personagens masculinos preferidos, porque embora ele seja meio cabeça-dura, ele entra nas jogadas de Sophia Noirot com um belo gingado.

É engraçado ver ele tendo que se virar nos trinta para conseguir acompanhar os passos dos planos mirabolantes da Srta. Noirot.

Mas embora ele tenha um lado doce e galante, ele é também um tanto quanto 'obscuro', por falta de palavra melhor. Mas calma, você vai entender o que quero dizer...

Ele faz um bom contraste com a mocinha do livro. Enquanto  ele é um ponto de escuro, de sombras, mesmo sendo um personagem leve e com senso de humor, Sophia é o ponto de luz, levando vida e novidade com seus planos e disfarces.



© Lee Avison / Trevillion Images

5 - Sebastian Ballister, o marquês de Dain (O Príncipe dos Canalhas)

A história de marquês de Dain foi uma das mais marcantes para mim...

Ele foi uma criança não querida embora desejada para dar continuidade ao título de nobreza. O fato da criança não ser uma das mais belas, também não contribuiu.

Anos mais tarde já com o título de marquês, sua fama como lorde Belzebu é conhecida por todos. Com suas feições grosseiras e suas maneiras cruas e cínicas, Sebastian tem mais jeito com os negócios do que com seus relacionamentos, até conhecer Jessica.

O que me fez gostar do marquês de Dain foi a relutância dele para aceitar seus sentimentos por Jess... Outro mocinho quebrado que não acredita ser merecedor de coisas boas...


OBS:. Wulfric Bedwyn também merece uma menção honrosa aqui, embora eu ainda não tenha soltado a resenha de 'Ligeiramente Perigosos', acabei de ler o livro e estou simplesmente apaixonada pelo duque de Bewcastle e seu infame monóculos!
Você também pode conferir os outros posts dos outros blogs.

Abaixou estou colocando uma listagem por ordem cronológica e é só clicar nos nomes dos blogs que você será redirecionado aos respectivos posts:

03/05 - O mês especial: Romances de Época x Romances Históricos (Três Leitoras)
05/05 - A moda no século XIX (Caos Feminino)
08/05 - A importância dos títulos (Blog Modernagem)
10/05 - Personagens favoritos da série Os Bridgertons (Caos Feminino)
10/05 - Bridgertons Queridinhos (Três Leitoras)
12/05 - Personagens favoritos da série Os Bridgertons (Blog Modernagem)
13/05 - Romances de Época e Nacionalidades (Compulsivamente Literária)
13/05 - Os Bridgertons: Meus Favoritos (Compulsivamente Literária)
13/05 - O que tem de Curioso nos Bridgertons? (Três Leitoras)
14/05 - Top Piriguetagem Literária - Os Bridgertons (Diário de uma Leitora Compulsiva)
15/05 - Autoras não lançadas no Brasil, mas que fazem sucesso fora (Diário de uma Leitora Compulsiva)
15/05 - A Top da Balada dos Bridgertons (Três Leitoras
15/05 - A não submissão dos romances de época (Caos Feminino)
18/05 - Os Bridgertons: A Melhor e a Excluída (Compulsivamente Literária)
20/05 - Os Bridgertons: Curiosidades Sobre a Série (Compulsivamente Literária)
21/05 - Entre o Passado e o Presente (Três Leitoras)
25/05 - Top 5: Os Nossos Queridinhos (Três Leitoras)
26/05 - Autoras Nacionais (Três Leitoras)
27/05 - Top 5: Romances de Época (Compulsivamente Literária
28/05 - Maio Especial Romances de Época: TAG (Três Leitoras)
28/05 - Top 5 + Tag Romances de Época (Diário de Uma Leitora Compulsiva)
29/05 - As Romancistas Jane Austen e Irmãs Brontë (Diário de Uma Leitora Compulsiva)

Espero que tenham gostado!

Beijos,

Mari.

1 recadinhos :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...