Loretta Chase - Canalhas 01 - O Príncipe dos Canalhas

Romance de época! Romance de época! Romance de época! Oba!

Já conhecia Loretta Chase há algum tempo, e vocês não têm noção de como fiquei contente quando a editora Arqueiro divulgou que iriam publicar um dos livros dela. Quando vi o livro e a sinopse fiquei ainda mais contente, pois esse é um dos livros que eu mais gosto da autora!

Em 'O Príncipe dos Canalhas', conheceremos a história de Sebastian (também conhecido como marquês de Dain e/ou lorde Belzebu) e Jessica. Ele, com suas feições grosseiras e suas maneiras cruas e cínicas, tem mais jeito com os negócios do que com seus relacionamentos, até conhecer Jessica.

Jessica é uma mocinha arrojada para a sua época e que não aguenta desaforo. Então quando percebe que o irmão está indo ladeira abaixo, ela decide dar um basta na situação; e acaba entrando no caminho de lorde Belzebu.
"Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...

Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.

Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.

Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes."

Marquês de Dain é um homem perigoso e cínico, e se sua aparência dissesse algo, era: corra enquanto pode! Mas por trás disso, há um histórico...

Seu pai, perdera o amor de sua vida e seus filhos, mais tarde, o marquês ainda precisava de um herdeiro, e por esse motivo, casou-se novamente. Mas após o período que antecedeu a chegada do tão necessitado herdeiro, o marquês havia criado extrema aversão para com a esposa, e a aversão passou para o filho após o nascimento, não só pelo que ela representava, mas também pela sua aparência.

Enquanto crescia, o pequeno Sebastian tinha apenas suas mãe para lhe demonstrar ocasional carinho e o pai era sempre distante. Mas isso muda quando a mãe foge com o amante, deixando-o para trás e seu pai sempre frio, teve que lidar com um garotinho abandonado, e como ele fez isso? Mandou-o para a escola, que naquele tempo era mais um internato.

A vida de Dain não se fez mais fácil, sempre era motivo de chacota entre os colegas e era vítima de bullying, até que aprendeu a revidar. Como relações pessoais não eram algo com o que ele estivesse acostumado e o pai sempre achasse um motivo para repreendê-lo cortando suas regalias, Sebastian se tornou mestre nos negócios, e assim acabava por triplicar a mesada que recebia do pai.

Ao chegar a idade adulta, Sebastian Ballister já era tinha fama, conhecido como lorde Belzebu, e com muitos motivos. Levava uma vida depravada, cínica e não se importava com nada, as pessoas eram usadas e descartadas, assim como as prostitutas. 

Jessica Trent, nossa mocinha arrojada, ao saber que a vida de seu irmão está em declínio, volta a Paris para tentar resgatá-lo das garras decadentes de lorde Belzebu, mas o que ela não esperava, era encontrar um homem forte e de presença marcante.

E o mesmo homem forte e de presença marcante, mal consegue acreditar quando a senhorita Jessica Trent o trata de igual para igual, assim como não consegue acreditar quando ela compra um relógio para lá de sugestivo para a avó. Mas a cartada final, é quando a mesma senhorita acaba arrebatando uma relíquia inestimável que ele mesmo não tinha olhado duas vezes. Intrigante essa senhorita Trent...

O caminho dos dois continua a se cruzar, especialmente quando Jessica toma para si a tarefa de endireitar o irmão, mas não percebe que ela mesma é que está caindo. Embora tentem manter distância, é inegável a atração entre eles, tão inegável que até a nobre comunidade parisiense já percebeu e apostas começam a surgir.

Encontros vêm, encontros vão; festas vêm, festas vão, até que quando todos já pareciam ter desistido de um encontro entre Jessica e Dain, algo acontece e ele a deixa desamparada e com a reputação em frangalhos. A retribuição escolhida por Jess fará toda a sociedade entrar em rebuliço e deixará lorde Belzebu para lá de desconcertado. (E também deixará o leitor incrédulo!)

A enormidade dos acontecimentos está além da compreensão e novas apostas começam a correr. Enquanto Dain tenta se recuperar, ele pesa todas as alternativas e todas as repercussões e chega a apenas uma conclusão: casamento.

Não é preciso dizer muito sobre o assunto, apenas que foi ótimo ver Jess ponderando sobre sua situação e sua avó, tão arrojada quanto a neta, dando conselhos. Hahaha, simplesmente adorei! E sobre o irmão da Jess, bem, ele meio que desaparece no livro, pensei que ele seria um pouco mais ativo, afinal, foi por causa dele que Jess se colocou na situação atual, mas tudo bem...

Lorde Belzebu acreditou que após o casamento poderia largar a esposa na casa da família e seguir com sua vida decadente, mas mal ele sabia que a pequena Jess era fogo na roupa. Logo de cara ela deixou claro que não o dividiria com ninguém, nem que ela tivesse que seduzi-lo!

Mas eis que então uma dor de cabeça do passado volta a aparecer na vida de Sebastian, e embora ele não queira nem saber sobre o assunto, a marquesa de Dain não dará muita opção ao seu querido marido, tendo em vista que uma vida inocente está em jogo. No processo, Dain terá que escolher entre uma vida de paz e harmonia ou então a frieza e a distância que experimentara em sua infância.

Vale ressaltar que a autora não usou e abusou da atração do casal e nem do 'amor a primeira vista'; Loretta Chase mostra a atração dos dois sim, mas também mostra a relutância dos dois. É ao longo do livro que vemos a aproximação dos dois, o amor é desenvolvido aos poucos e o subsequente desfecho.

Como eu já havia dito, o livro é um romance delicioso, então vai na fé que não tem erro! Se eu não conhecesse a autora e a história, o livro teria me ganhado só pela capa! 

E por falarem capa; gente, que coisa maravilhosa! Definitivamente é uma das melhores capas de romance histórico e sem sombra de dúvida, a melhor que a editora Arqueiro produziu até o momento. Amei o livro e os mimos que a editora enviou! Se vocês não viram, postei no Instagram da blog, clique aqui, ou então vá até o final deste post. :)

Simplesmente amo mimos!

Agora fica meu questionamento: quando virão os próximos livros da Loretta Chase?
Vocês podem encontrar o livro para comprar nos seguintes sites: AmazonAmericanasCasas BahiaCulturaExtraPonto FrioSaraivaSubmarino.

Outros links: Skoob e Goodreads
                                                                      ~*

A série é composta por 4 livros e mais 1 que é entre o 3o e o 4o. Me surpreendi que a editora Arqueiro não tenha seguido a ordem da série, mas tudo bem, essa é uma daquelas poucas séries que você pode ler sem seguir a cronologia. Abaixo estou colocando a listagem dos livros da série por ordem de leitura, os que não têm título em português é porque a Arqueiro ainda não se manifestou.

          * Livro 01 - The Lion's Daughter
          * Livro 02 - Captives of the Night
          * Livro 03 - Lordy of Scoundrels - O Príncipe dos Canalhas 
          * Livro 03.5 - The Mad Earl's Bride
          * Livro 04 - The Last Hellion

Beijos,
Mari.

0 recadinhos :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...