Julia Quinn - Os Bridgertons 08 - A Caminho do Altar


É com aquela dorzinha no coração e com a saudade já batendo na porta, que trago para vocês a resenha do oitavo livro da família Bridgerton.

Neste livro finalmente teremos a história de Gregory Bridgerton, o último irmão solteiro.

Gregory sempre foi otimista em relação ao amor. Tendo sua família como exemplo, ele acreditava que um dia encontraria a mulher destinada a ele, eles se apaixonariam perdidamente e viveriam felizes para sempre. Bem, a realidade não foi bem assim...

O último Bridgerton a cair aprenderá que às vezes o amor está onde menos esperamos...
"Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso o que acontece.
O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para a sorte de Gregory, porém, Lucinda Albernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.
Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?"

Pra início de conversa, o livro já começa no estilo "já que é para tombar, tombei", quando no prólogo nos joga de cara em um momento crucial de Gregory e que deixa o leitor sem fôlego e desesperado!

Mas a história mesmo, começa a se passar dois meses antes... Entenderam a jogada da autora?

Gregory Bridgerton é o último irmão solteiro, e tendo sua família como exemplo, ele sempre acreditou que seguiria o caminho dos irmãos no que se referia ao amor verdadeiro. Ele tinha certeza que encontraria a mulher nascida especialmente para ele, e ao se apaixonar perdidamente por ela, o sentimento seria mútuo e viveriam felizes para sempre.

Ele tinha certeza que a encontraria, e embora sua família o cercasse e pressionasse, Gregory sabia que o dia e o encontro chegariam. Até que o que ele tanto esperava, finalmente aconteceu. Só que não saiu como ele imaginava... 

Ao que parecia, a bela Hermione Watson parecia nem notar que Gregory existia e viver cercada por uma horda de pretendentes bajuladores... Mas ele não se abate e é na melhor amiga da dama, que ele encontra apoio para tentar fazer-se notar e assim fazer a srta. Watson se apaixonar por ele. 

Para Lady Lucinda Albernathy, Lucy para os mais próximos, Gregory é dos males o menor, tendo em vista por quem Hermione havia se apaixonado... Ao perceber que o Bridgerton está falhando miseravelmente em sua tentativa de cortejo para com sua amiga, ela decide ajudá-lo.

Quanto mais tempo passam juntos, mais Gregory percebe as qualidades de Lucy, como sua mente afiada, sua graciosidade um tanto quanto escondida, seu senso de humor, e o mais surpreendente para ele era o fato de ela estar quase noiva de um homem que só vira uma vez! Tudo isso deixa o último dos Bridgertons um tanto quanto desconcertado.

E podemos dizer que o mesmo se aplica à Lucy... Enquanto o ajuda, ela percebe que Gregory não é como os outros homens e além de tudo, ele é atencioso, trata a todos com respeito e não desdenha dos pensamentos românticos que geralmente são voltados às mulheres. 

Aos poucos os dois vão criando um laço de amizade que a cada dia vai estreitando mais e mais. O maior problema aparece quando sentimentos começam a amadurecer, e é aí que a autora joga milhares de reviravoltas que deixam o(a) leitor(a) de cabelo em pé e roendo as unhas.

Acredito que esse tenha sido o livro que eu fiquei mais ansiosa para ler. Gregory nos é agraciado com aparições engraçadas e esfomeadas (literalmente) em todos os livros da série e confesso que eu estava louquinha para saber como seria o desfecho do personagem.

Adorei ter o meu momento com o Gregory e ver que todas as impressões que tive dele até o penúltimo livro estavam corretas. O personagem se revelou muito mais do que eu imaginei. Se você acha que o fato do personagem acreditar no amor verdadeiro, o tornou meloso, está enganado(a). Gregrory é tudo na medida certa!

Agora quem eu achei que merecia uns sopapos bem dados foi a Lucy. Caramba, que ódio! Tudo bem, a Lucy até que é uma personagem um tanto complexa e com um auto estima lá nos chinelos... Ela está sempre se anulando, se colocando em segundo lugar, e isso me deu nos nervos, e como! Mas poxa! Honestamente, acredito que a Lady Lucinda Albernathy tenha sido a personagem principal que eu menos gostei de toda a série.

Mas mesmo com essa pequena negativa, 'A Caminho do Altar' foi uma ótima maneira de finalizar a história dos irmãos Bridgerton. Julia Quinn fez jus à sua fama como escritora de romances de época e nos presenteou com mais um livro escrito com maestria.
Vocês podem encontrar o livro para comprar nos seguintes sites: AmazonAmericanasCasas BahiaCulturaExtra, Fnac, Ponto FrioSaraivaSubmarino.

Outros links: Skoob Goodreads
                                                              ~*

Abaixo está a sequência dos livros da série, é só clicar nos títulos que você será direcionado para as resenhas dos respectivos livros. Na listagem colocarei ao lado o nome dos irmãos de cada livro.

        * Livro 1 - O Duque e Eu (Daphne Bridgerton & Simon Basset)

        * Livro 2 - O Visconde Que Me Amava (Anthony Bridgerton & Kate Sheffield)
        * Livro 3 - Um Perfeito Cavalheiro (Benedict Bridgerton & Sophia Beckett)
        * Livro 4 - Os Segredos de Colin Bridgerton (Colin Bridgerton & Penelope)
        Livro 5 - Para Sir Phillip Com Amor (Eloise Bridgerton & Sir Phillip)
        * Livro 6 - O Conde Enfeitiçado (Francesca Bridgerton & Michael Stirling)
        * Livro 7 - Um Beijo Inesquecível (Hyacinth Bridgerton & Gareth St. Clair)
        * Livro 8 -  A Caminho do Altar (Gregory Bridgerton & Lucinda Albernathy)



Sim, eu sei que este é o último livro da família Bridgerton, teoricamente, mas vale ressaltar que ainda tem mais um livro com a coletânea dos epílogos extras de cada casal. É esse da foto abaixo, comprei na última viagem que fiz (porque não sou de ferro!). Arqueiro, não te faz de doida e foca nessa livro!



Mas calma gente, não é o fim! A autora já andou sinalizando que vem algumas novidades dessa família por aí! ;)


Beijos,
Mari.

0 recadinhos :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...