Lorraine Heath - Os Sedutores de Havisham 01 - Codinome Lady V


Olá pessoas! Acabou o Carnaval, vamos voltar com a programação normal, né non? Hahahahh.

E para essa semana que basicamente começa na 4a-feira, que tal um romance de época da editora Gutenberg?

Em 'Codinome Lady V', primeiro livro da série 'Os Sedutores de Havisham', vamos conhecer a história da Srta. Minerva Dodger que cansou de ser presa para os caçadores de fortunas e decidiu que sua vida de "solteirona" estava de bom tamanho... Decidindo pela solteirice, com o apoio da família, Minerva se veria livre de pretendentes inconvenientes e teria liberdade, algo raro para as mulheres da época.

Mas antes de seguir por esse caminho um tanto quanto solitário, nossa mocinha queria conhecer os prazeres de uma noite de núpcias. E só há um lugar que ela possa ir para realizar seu desejo: o Clube Nightingale!
"Cansada de rejeitar pretendentes interessados apenas em seu dote escandalosamente vultoso, Minerva Dodger decide que é melhor ser uma solteirona do que se tornar a esposa de alguém que só quer seu dinheiro. No entanto, ela não está disposta a morrer sem conhecer os prazeres de uma noite de núpcias e, assim, decide ir ao Clube Nightingale, um misterioso lugar que permite que as mulheres tenham um amante sem manchar sua reputação.
Protegida por uma máscara e pelo codinome Lady V, Minerva mal consegue acreditar que despertou o desejo de um dos mais cobiçados cavalheiros da sociedade londrina, o Duque de Ashebury. E acredita menos ainda quando ele começa a cortejá-la fora do clube. Por mais que ele seja tudo o que ela sempre sonhou, Minerva não pode correr o risco de ele descobrir sua identidade, e não vai tolerar outro caçador de fortunas.
Depois de uma noite de amor com Lady V, Ashe não consegue tirar da cabeça aquela mulher de máscara branca, belas pernas e língua afiada. O duque nunca tinha ficado tão fascinado por nenhuma outra mulher antes.
Mas agora, à beira da falência, ele precisa arranjar muito dinheiro, e rápido. Sua única saída é casar com alguma jovem que tenha um belo dote, e sua aposta mais certeira é a Srta. Dodger, a megera solteirona que tem fama de espantar todos os seus pretendentes."

Depois de anos rejeitando pretendentes e mais pretendentes, que só estavam de olho na fortuna estratosférica que era o seu dote, Minerva Dodger decide dar um basta nessa palhaçada e decide que nunca irá se casar. Por incrível que pareça, ela tem o apoio dos pais, algo que, devo ressaltar, era praticamente um milagre para a época! Já tendo aceitado sua solteirice, Minerva também estava decidida a conhecer os prazeres de uma noite de núpcias, e só há um lugar que ela possa ir para realizar seu desejo: o Clube Nightingale...

O infame clube, era um local onde as mulheres podiam ir e experimentar certas liberdades sem manchar sua reputação. Chegando no exótico local, Minerva fica um tanto quanto desconcertada, pois a expectativa era totalmente diferente da realidade... Nossa mocinha aventureira esperava ver um quadro de corpos nus e as mais diversas atividades físicas no meio da sala, mas o que ela viu foi justamente o oposto. Mulheres vestidas praticamente de camisola e máscaras conversando com homens que não se importavam de esconder suas identidades.

E foi assim que Minerva chamou a atenção do infame Duque de Ashebury.

Ao perder os pais em um trágico acidente ferroviário antes de completar dez anos, Ashe e os gêmeos Albert e Edward ficaram sob a tutela do Marquês de Marsden. Foi na propriedade Havisham e na companhia de Locksley, filho do marquês, que os garotos passaram os anos finais da infância e criaram um vínculo de amizade e amor fraternal, embora não fossem realmente irmãos. Enquanto o marquês mergulhava em seus loucos pensamentos, os meninos cresceram livres de restrições e sempre em busca de uma nova aventura... E foi assim que seguiram na vida adulta, sempre atrás da próxima aventura.

Após retornar de um safári com seus amigos-irmãos, Ashe ruma para o Clube Nightingale para procurar uma distração para os pesadelos que o assolam... E é aí que as histórias de Minerva e Ashe se entrelaçam...

Um pequeno anjo escondido sob uma máscara branca chama a atenção de Ashe, e mesmo sendo contra as normas do clube, o duque toma a iniciativa e se aproxima do anjo. Lady V, é como ela se intitula, e embora para Minerva o "V" queira significar uma coisa, para Ashe, ele associa com o perfume de verbena de sua lady em branco.

Minerva aceita o convite de Duque Ashebury para acompanhá-lo até o quarto que ele tinha reservado no clube, mas ao que parece ela não é tão corajosa assim, principalmente quando Ashe pede para que ela pose para algumas fotos que para a época, eram para lá de comprometedores... Acho que para a época, poderia ser o que hoje consideramos como "nudes", só que o que Ashe queria fotografar eram as pernas de Lady V. Estranho? Bem, não tanto se você for ver o motivo...

Logo depois, Minerva reencontra Ashe num brunch promovido para celebrar a volta dos amigos e expor algumas fotos feitas pelo duque. Obviamente, em uma sala cheia de mulheres, Ashe estava praticamente soterrado, mas ainda assim ele conseguia fazer sua presença ser sentida por todos. Agora imaginem a surpresa de Minerva quando Ashe volta sua atenção para ela!? Será que ele tinha descoberto que ela, a "insossa" Srta. Dodger era a misteriosa Lady V? E se ele ainda não soubesse, qual seria sua reação se um dia as coisas saíssem do controle?

Enquanto Minerva estava roendo as unhas de ansiedade e com os pensamentos à mil, Ashe também estava surpreso pela agradável conversa que tivera com a Srta. Minerva Dodger... Em pouquíssimo tempo, ele percebeu que Minerva era muito mais do que deixava transparecer e isso chamou muito mais a sua atenção... Isso e o perfume dela.

Assim como Minerva, Ashe tinha seus segredos, e um deles o colocava em uma encruzilhada... Ao mesmo tempo que queria Lady V, suas obrigações e responsabilidades o levavam para o caminho de Minerva. Mas o destino às vezes prega ótimas peças. Quando todas as cartas forem postas na mesa, quem ficará com o prêmio final?

'Codinome Lady V' foi o primeiro livro que li da autora Lorraine Heath embora já tenha ouvido falar dela... E obviamente, como eu adoooooooro um romance de época, não pude me esquivar da leitura. E ainda bem que não me esquivei! A editora Gutenberg fez uma ótima aposta ao adicionar a autora em seu catálogo, agora quero os outros livros! Hahahaha

Por falar em outros livros... Com a minha experiência em séries de livros, logo no começo percebi que tinha algo meio fora de ordem e fui atrás para saber se eu realmente estava certa, e estava! Acontece que 'Os Sedutores de Havisham' na verdade é um spin-off de outras duas séries da autora. Não sei porquê a Gutenberg decidiu publicar essa série antes das outras, ou se um dia irá publicar, mas a verdade é que fora um spoiler aqui e outro ali, nada de muito alarmante, tendo em conta o praxe que são os enredos dos romances de época, não estraga a leitura, mas confesso que quem está lendo teria uma melhor compreensão se lesse na ordem cronológica...

Fora essa questão, que na minha opinião não afeta tanto assim a leitura, a editora está de parabéns! Além de escolher uma ótima escritora, também fizeram um ótimo trabalha na capa e diagramação! A capa deste livro, é uma das poucas do gênero que condiz com o enredo.

Outra questão que contou muuuuito a favor de 'Codinome Lady V', é que a Lorraine Heath caprichou nos personagens! Embora seja o clichê que estamos acostumadxs a ver nesse gênero literário, a autora conseguiu sair da estrada "mais do mesmo". Neste livro, além de um enredo linear que não deixa pontas soltas, os personagens dão um banho em muitos outros que vemos por aí!

Minerva Dodger é uma mocinha fora de série, com suas próprias ideias e é extremamente esclarecida, algo que era fora do padrão na época, quando as jovens eram "excluídas" por falarem o que pensam ou se meterem em assuntos "de homens", ou seja, a mulher só podia falar de filhos e bordado. Além disso ela não se conforma com pouco e ainda conta com o apoio dos pais para todas as suas decisões.

Já para Ashe, temos o que hoje conhecemos como "estresse pós-traumático", em decorrência da forma como os pais morreram, mesmo ele não tendo presenciado, e mais umas outras questões que vamos descobrindo no decorrer do livro. Achei interessante a inclinação de Ashe para a fotografia, acredito que esse é o primeiro romance de época que leio em que isso aparece... Mas também fiquei pensando em como ter isso como hobbie era meio contra-mão, vocês já viram como era o tamanho de uma máquina fotográfica daquela época?

Agora o ponto final do post, que eu achei uma gracinha... Mesmo decidida a conhecer os prazeres de uma noite de núpcias, Minerva ficou escandalizada porque deixou Ashe ver seus tornozelos nus! Ah gente... Como é linda a inocência! Hahahahha

Vocês podem encontrar o livro para comprar nos seguintes sites: AmazonAmericanasCulturaFnacSaraivaSubmarino.

Outros links: Skoob e Goodreads
                                                                   ~*


Até o momento, a série conta com 4 livros, sendo que um deles (03.5) é menorzinho e meio que conta como um "conto"...

Abaixo estou colocando os livros em ordem de leitura para quem quiser acompanhar a série. 

             * Livro 01 - Falling Into Bed with a Duke - Codinome Lady V
             * Livro 02 - The Earl Takes All - (ainda não publicado no Brasil)
             * Livro 03 - The Viscount and the Vixen - (ainda não publicado no Brasil)
             * Livro 03.5 - When the Marquess Falls - (previsão de publicação em inglês: 2017)

Beijos,
Mari.

2 comentários

  1. Só vi elogios a esse livro e estou mega ansiosa para lê-lo... E nesse brincadeirinha, a nossa lista de desejados só aumenta...

    Amei a sua resenha, Mari!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Oie Mari =)

    Só estou lendo resenhas positivas desse livro e como adoro romance de época minha curiosidade está ficando cada vez maior.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir