Ewerton Carvalho - O Primeiro Vampiro





Hoje trouxe para vocês um livro um pouco diferente do que estou acostumada a resenhar aqui no blog...

Ewerton Carvalho é um autor novo na literatura nacional que está lançando seu primeiro livro pela editora Novo Século, com o selo Novos Talentos.

Em 'O Primeiro Vampiro' vamos conhecer a história de Ohrí: sua vida, seu crescimento, seus mistérios, suas perdas e suas provações, além de viajar com o personagem por cenários ricamente detalhados!


"Criado pela feiticeira Baba, Ohrí, aos cinco anos conhece poções que curam e matam. Levado por uma caravana cigana, é escravizado por um duque em seu castelo.
Caindo nas graças do Conde Wladimir, ele conhece a vingança na forma mais fria. Ao ser libertado, Ohrí encontra Khoran, um velho andarilho que o leva ao último refúgio dos celtas e druidas, nos confins da Irlanda. No povoado paradisíaco, Hy Breasail, a magia e a realidade se misturam e, após várias provocações, Ohrí se torna adulto e é batizado com o Alkahest, o sal da vida. Porém, a morte de um ente querido o faz partir para fugir da dor e buscar, de novo, a paz. Em vez disso, ele encontra a guerra nas Cruzadas ao lado de Ricardo Coração de Leão. Agraciado com uma dádiva enviada das estrelas, Ohrí encontra a tão procurada paz. No entanto, ela não dura muito e um chamado irrecusável o leva a uma armadilha que o faz se considerar o culpado pela tragédia. Acreditando ser detentor de alguma maldição, parte em busca de respostas."

Ohrí Pandur Maw, nosso personagem principal, tem um início de vida sofrido. Perde a mãe no parto e depois é criado pelo pai, Malkdor Maw, e pela parteira/bruxa/feiticeira Baba, e durante anos aprende com ela o uso de diversas poções, tanto para o bem quanto para o mal. Infelizmente a convivência entre o pai e a parteira não foi fácil, ela era poderosa mas foi mantida por anos como escrava... Mas então a vida de todos muda e o pequeno Ohrí é levado por uma caravana cigana, sem saber dos problemas e perigos que mais tarde enfrentaria.

Depois de algum tempo com os ciganos, a caravana é interceptada e Ohrí acaba indo para nas mãos de um duque. Tempos sombrios chegam para nosso personagem ao passar anos escravizado. Novamente sua vida toma novos rumos ao chamar a atenção do conde Wladmyr. O conde é astuto e ardiloso, mas logo a monotonia do castelo é bruscamente alterada com um banho de sangue. Depois disso, Ohrí parte para o "além do sol", deixando para trás sua antiga vida e seus amigos ciganos.

A partir daí embarcamos em uma odisseia com Ohrí, que nos leva aos mais variados cenários tão ricamente descritos, que parece que o leitor está vendo um filme. No meio do caminho ele encontra um andarilho que acaba levando-o para a Irlanda, ao último refúgio dos druidas. É lá que ele aperfeiçoa suas habilidades, cresce ainda mais e descobre os prazeres da vida adulta, mas como nem tudo é um mar de rosas, Ohrí passa por poucas e boas; a magia das terras irlandeses trazem esperanças mas as desilusões sempre estão esperando nas esquinas.

Novamente o destino vem bater à porta de Ohrí, e como se já não bastasse, nosso personagem terá que lidar com ainda mais perdas. Mais uma vez Ohrí parte e seu caminho acaba cruzando com o do rei Ricardo, historicamente conhecido como Ricardo Coração de Leão. Sem nada a perder, ele se junta ao rei e seus soldados nas famosas Cruzadas, após ter conseguido um posto junto ao seu exército.

Parece que o destino não é muito favorável à Ohrí. Toda sua vida fora marcada por perdas e banhos de sangue, e ao que tudo indica, tal situação não mudará tão prontamente. Um encontro inesperado fará com que a sede de sangue e algo mais aflorem em Ohrí, mas seria um dom ou uma maldição?

Esta nova guinada na vida de Ohrí, lhe confere mais poder do que jamais pensou.

O autor não poupa detalhes nas descrições, seja na maneira como o personagem estava se sentindo ou nos cenários das andanças dos personagens... Tudo é ricamente detalhado... Percebe-se também pelos detalhes da escrita e pelas palavras nativas utilizadas, que o autor pesquisou à fundo não só sobre o assunto, mas também a cultura e a época

'O Primeiro Vampiro' é permeado por trechos de poesia, algo que o autor deve ter incorporado de si, pois Ewerton Carvalho além de ser um entusiasta da poesia, tem 400 poemas escritos. Mas o que devo dizer aqui é que mesmo você não sendo muito fã da temática poética, como é o meu caso, você consegue ler o livro sem problema algum, pois as poesias são moderadas e não fogem da história do livro.

Se você gosta de mistérios, reviravoltas, de uma leitura que leva você além e de mudar um pouquinho o seu repertório literário, com certeza o romance de estreia de Ewerton Carvalho é uma ótima pedida! 
Você pode encontrar o livro para comprar nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Casas Bahia, Cultura, Extra, Ponto Frio, Saraiva, Submarino.

Outros links: Skoob 

Você também pode acompanhar o autor e suas obras através da página do Facebook e do site do livro.

Clicando aqui você encontrará 3 book trailers do livro.

Espero que tenham gostado.

Beijos,
Mari.

0 recadinhos :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...