B. N Toler - Where One Goes


Enfim Setembro chegou! E com ele a minha primeira resenha! Ebaaaa! Depois de muito pensar sobre qual seria o primeiro livro que resenharia pra vocês, finalmente escolhi Where One Goes, da B. N. Toler e confesso que fui muito feliz na minha escolha.

Espero que gostem de Char, Ike, George e toda a trupe de Warm Springs, além desta novata que vos fala. ;)


 O que acontece quando a coisa que arruína sua vida acaba sendo a que te salva?

Eu nunca fui de acreditar em espíritos - até que seis anos atrás um acidente arrepiante mudou minha vida... para sempre.

Meu nome é Charlotte, mas a maioria das pessoas me chamam de Char… e eu tenho um dom especial.

Eu converso com os mortos.

Não se confunda, não posso chamá-los. Só consigo conversar com os espíritos que estão perambulando incapazes de fazer a travessia. Eles de alguma maneira estão presos no mundo com algum assunto inacabado. E por seis anos, eu usei bastante meu dom para ajudar suas almas perdidas.

Mas tudo vem com um preço. Minha vida é de escuridão. Me sentindo deprimida, comecei a querer desistir. E ajudando com a morte, percebi que não me permitir viver. Sem dinheiro, sem lugar para viver e o mais importante... sem esperança, decidi que só tenho uma opção - acabar com tudo.

Entretanto o destino é engraçado. Um minuto, estou a ponto de pular para a morte, e no minuto seguinte, sou salva por Ike McDermott. O soldado forte e surpreendente me impediu de colocar um fim no meu desespero. Ele é o tipo de cara que quando sorri ilumina todo o ambiente.

Doce e gentil.

Ele é o meu salvador.

E ele está morto.

Nós fizemos um acordo. Ele irá me ajudar a arrumar um lugar para ficar e um novo emprego e eu irei ajudá-lo com seus negócios inacabados para que ele possa fazer a travessia.

O assunto inacabado de Ike envolve seu irmão gêmeo, George. George está desmoronando desde a morte de Ike e Ike não consegue passar para o outro lado em paz até que saiba que George ficará bem.

Quando eu concordei em ajudar, pouco sabia que eu me apaixonaria pelas charmosas pessoas de Bath County, e… por Ike e George McDermott.

Agora, enquanto seu irmão tem metade do meu coração, estou de frente com uma situação cruel e nada justa. Salvando George, eu devo deixar Ike ir.

Entretanto como que alguém abre mão de metade do seu coração?


Sabe aquele livro que te pega de jeito e quando tu olhas ao redor o sol já está nascendo? Pois então, isso só pode significar uma coisa: foste pega por um livro único. E foi exatamente isso que aconteceu comigo noite passada, terminei de ler este livro eram 7 da manhã, estava exausta emocionalmente falando, olhos inchados de chorar e ainda tinha que enfrentar toda uma terça-feira pela frente. Molezinha, né? Não. Eu só queria ficar deitada agarrada ao meu e-reader e pensar na vida sob uma nova perspectiva e também pensar em Ike. Mas, vamos pelo começo.

Charlotte/Char Acres é uma garota incrível que sobreviveu a um grave acidente há 6 anos e em decorrência disso passou a falar e ver pessoas que já morreram e ajudá-los em suas pendências terrenas para que sigam para onde tem que seguir. Char encara esta habilidade formidável como uma maldição. E com isso, decide por acabar com tudo e é neste momento que Ike McDermott entra na vida de Char. Tudo o que Ike quer é fazer a passagem em paz, mas há 10 meses seu negócio pendente na terra atende pelo nome de George McDermott e é seu irmão gêmeo idêntico.

Até aí, amigo (a) leitor (a), tu podes pensar que é um livrinho bobo e mais um do mesmo assunto sobrenatural, mas não é bem assim... Não mesmo. Estar na estrada há anos depois de ser abandonada pela família em seu pior momento e não ter amigos faz com que Char seja uma garota solitária e triste, mas agora que encontrou Ike e ele é uma alma diferente das demais que ela já ajudou, Char resolve se dar uma chance. Ike salva Char de si mesma e juntos constroem uma intensa relação de amizade, companheirismo,  carinho e amor.

E em muitos momentos eu só queria que jovens com toda a vida pela frente não se alistassem em guerras sem sentido, que o patriotismo não fosse visto a ferro e fogo... mas, sou uma mera leitora com o coração na mão e só pude seguir com a leitura e o coração aos pulos.

Ike e Char vivem uma impossível história de amor. Ambos sabem disso. Mas, aí entra George, bom moço mas que está quebrado após a trágica morte do irmão no Afeganistão. A culpa corrói George e a dor o joga nos braços de Misty, uma aproveitadora vendedora de drogas e que com seu auxílio faz com que George vire um viciado em cocaína e noites de sexo vazio.

Char se dispõe a ajudar Ike em relação ao irmão, mas o que ela não esperava era encontrar o amor neste outro gêmeo também. Dessa vez um amor possível de ser vivido plenamente, mas antes tem que ajudá-lo a se libertar de toda a sujeira em que está envolvido.
Ike descobre o amor depois de morto.
George descobre que pode amar mesmo estando em dor.
Char descobre que pode amar dois homens aparentemente semelhantes, mas tão diferentes em personalidades quanto no modo de demonstrar interesse.
Ike é doçura e leveza.
George é áspero e brincalhão.
Char é pura confusão em seu coração neste triângulo amoroso nada convencional. Mas não há escolhas a serem feitas. A vida se encarregou de deixá-los sem algumas escolhas.

Where One Goes trata de amor. E por falar em amor, eu não poderia deixar de citar o casal Mercer e sua bondade e generosidade incomparáveis, a família McDermott e toda a aura de amor que os rodeia. Sniper e seu amor e amizade por Ike e George. Ginger e toda a cidade de Warm Springs em receber as pessoas e fazê-las se sentirem bem-vindas.

Para onde se vai depois que morremos eu realmente não sei, mas posso assegurar que o livro é lindo, lindo, lindo, que te faz ver a vida com outros olhos e sob novas perspectivas. Mereceu cada suspiro, cada lágrima e cada minuto de sono que deixei escapar essa madrugada. Com certeza merece ser lido e apreciado com a intensidade que lhe é devida. E o melhor de tudo: é livro único!

     

Beijo,
      Sue.

12 recadinhos :

  1. Sue,
    parabéns pela resenha, ficou show de bola e você arrasa sempre!!!
    Sobre o livro, não conhecia e achei a história um aprendizado.
    Se você amou assim, vou colocar na minha lista rs.
    Beijos e parabéns de novo...
    conchegodasletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daya, leia sim. Mas, como sei que és uma pessoa sensível, leia com lencinhos por perto.
      Amei sim a leitura. E espero que tu também goste!
      Beijos! :)

      Excluir
    2. Obrigada Sue rsrs, vou ler com uma caixa bem grande de papel rs :)

      Excluir
  2. Ameeeiiii Sue !!!!! Uma pessoa tão articulada quanto você só poderia mesmo fazer resenhas de arrasar o coração. Acabou de entrar ara a lista!!! Beijos e muito sucesso na nova jornada :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Espero que tu goste da leitura. É rápida, fofa e envolvente. Não tem como não gostar!
      Beijos! :)

      Excluir
  3. Uau amiga! De tirar o fôlego! A primeira coisa que me chamou a atenção foi quando citou que virou a noite lendo... meus olhos chega brilharam!!! Deve ser maravilhoso. Quero muito ler ele! Quanto a resenha... parece que você já fez isso a vida toda! Foi perfeita e principalmente instigante! Beijo

    ResponderExcluir
  4. Sue... Incrível a resenha.. Na forma que descreveu deixa com vontade de largar tudo e ir ler... Arrasou!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Sinceramente espero que tu gostes da leitura.
      Beijocas.

      Excluir
  5. Sue... Incrível a resenha.. Na forma que descreveu deixa com vontade de largar tudo e ir ler... Arrasou!!!

    ResponderExcluir
  6. Me pegou.... Fez ter uma vontade.....enfim de ler um livro já tão comentado. Parabéns Sue!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito bem escrito, pode confiar. Espero que goste.
      Beijocas.

      Excluir
  7. Lindo! Lindo! Lindo! Adorei o livro e sua resenha também. Li o livro primeiro, de tanto vocês falarem, terminei agora à tarde. Mas sua resenha faz jus ao livro. Perfeita!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...