Jay Crownover - Homens Marcados 01 - Na Sua Pele (Rule)

Há algum tempo já tinha ouvido falar sobre esse livro, mas confesso que não chamou muito a minha atenção...mas resolvi dar uma chance... E me vi no meio de mais uma série...

Tive uma agradável surpresa com o enredo do livro. Temos de tudo, desde a menina certinha até o bad boy boca suja.

Shaw Landon é a garota certinha. Linda, rica e estudiosa. Quem vê de fora acha que sua vida é perfeita, mas mal sabe como é a sua triste realidade. Além de ter seus pais tentando manipulá-la, ela ainda tem que ser babá de um certo marmanjo rebelde.

Rule Archer é um rebelde, mas com causa. Sua vida é tão desregrada quanto sua família é desajustada. Suas tatuagens têm poder de atração, o que o transforma em um pegador de marca maior.

Mas a vida dos dois está para mudar...
"Shaw Landon é uma garota perfeita, o sonho de consumo de qualquer cara. Rule Archer é o bad boy que toda garota quer em sua cama. A rebeldia dele sempre a atraiu, a perfeição dela sempre o afastou. Ela tinha certeza de que ele nunca a notaria.
Porém, um encontro inesperado e uma alucinante noite de amor podem mudar tudo. Eles irão sentir na pele que a atração entre os opostos pode ser mais quente do que se imagina. 
E para que essa ardente paixão tenha um futuro, a garota certinha e o cara desajustado terão que aprender a lidar com suas diferenças. 
Prepare-se para ser tocada por Rule Archer. Ele marcará você feito tatuagem..."

Shaw Landon é uma garota certinha. Linda, rica, estudiosa e gentil. Quem vê acredita que ela tem tudo: a família perfeita, o namorado perfeitamente engomadinho, o carro do momento, dinheiro e ótimas notas. Mas a verdade é que sua família lhe é indiferente e seu namorado parece não entender que agora virou ex. Shaw sempre foi um jogo para os pais e acabou virando uma marionete nas mãos deles e de sua indiferença. Por isso, quando a família Archer surgiu em sua vida quando tinha 14 anos, ela não pensou duas vezes e se agarrou a eles.

Então a família Archer passou a ser a sua real família, unida e amorosa, o irmão mais velho, Rome, e os gêmeos Rule e Remy, sempre estavam presentes. E embora fosse amiga inseparável de Remy, era pelo gêmeo rebelde que ela tinha a maior queda. E essa queda, ao longo dos anos, foi se transformando em algo maior, mas Shaw estava decidida que era apenas uma paixonite adolescente. 

Quando a tragédia levou Remy, o pacificador da família, os Archer entraram em colapso. A mãe culpou o gêmeo rebelde, que ficou ainda mais rebelde. O pai não tomou partido e recaiu sobre Rome o papel pacificador, mas que era passado para Shaw enquanto o mais velho dos irmãos estava no Exército.

Todos os domingos, Shaw passa na casa de Rule para pegá-lo para irem ao brunch que a mãe dele insiste em fazer. Toda vez Shaw encontra uma cena que faz seu coração quebrar em milhares de pedaços. E todo brunch os pais Rule não perdem um segundo para o atacarem com críticas. E é em um desses momentos que Shaw dá um ultimato à mãe de Rule e Rome: ela terá que procurar ajuda profissional e começar a tratar Rule bem ou Shaw não irá mais frequentar os almoços de domingo.

Rule já está acostumado com a implicância e falta de compreensão dos pais, principalmente após a morte do irmão gêmeo, sabia lidar muito bem com a culpa que mãe jogava sobre seus ombros. Se antes disso ele já era rebelde, depois ele se rebelou ainda mais. Trabalhando na 'Homens Marcados', Rule tatua como também é tatuado, seu corpo é coberto pelas mais diversas tatuagens, o que sempre foi fonte de discórdia entre os pais, mas lhe rendia ótimas noites de prazer.

Menos nos domingos de manhã, quando a "mina" ia buscar ele para o brunch da mãe e o flagrava em cenas que para muitos seriam desconfortáveis e estranhas, mas que por algum momento a "mina" parecia não se importar. Ele conhecia Shaw desde sempre e por ela sempre andar com seu irmão, Remy, sempre achou que os dois fossem namorados, embora tanto ele quanto ela sempre afirmassem serem ótimos amigos. Mesmo depois da morte do irmão, Rule nunca realmente notou Shaw.

Até que um encontro em um bar muda tudo. 

Seus amigos estão loucaços com a atendente loira que fora destinada para cuidar da mesa deles, mas quando Rule finalmente conseguiu um vislumbre da atendente, seu queixo caiu e ele não conseguia acreditar no que seus olhos estava vendo. Shaw, toda linda, trabalhada num shortinho minúsculo com babadinhos que mal cobria a bunda. Ele teve que se segurar. Quase não a reconheceu. Mas o que uma garota certinha e rica estava fazendo trabalhando em um bar?

Enquanto ele ruminava o pensamento, o ex-namorado engomadinho da garota começa a querer incomodá-la no trabalho e Rule a ajuda a enfrentá-lo. Parece que o 'Camisa Polo' não vai largar o osso tão fácil assim.

No aniversário de Shaw, sua melhor amiga, Ayden, a carrega para um dia diferente, que terminou com as duas em uma balada, mas a bebida bateu depressa e logo as duas estão megamente alegrinhas. No meio da diversão, Shaw sente aquele conhecido comichão no pescoço e dá de cara com Rule. Percebendo que ela precisava de ajuda, Rule decide levá-la para casa, mas uma coisa levou à outra e os dois acabam passando a noite juntos.

Shaw estava determinada a não ser mais uma naquele clichê do dia seguinte e para se poupar da humilhação, foi embora antes que Rule acordasse. Mas o problema é que Rule não consegue se desligar daquela noite e vai procurá-la. Mas será que um pegador tatuado estava pronto para tentar algo com uma garota certinha?

Apesar de se conhecerem há anos, os dois não se conhecem muito, então depois de procurá-la, a relação começa a estreitar. Mas parece que muitas coisas querem impedir os dois de ficarem juntos. A família dela, os hábitos de Rule, o ex-engomadinho dela e o segredo que ronda Remy; um segredo que pode tanto destruir quanto unir.

Ficou agoniado(a) quando eu escrevi "mina"? Pois é, essa é uma das reclamações que vou ser obrigada a compartilhar com vocês aqui. Aliás, não vou reclamar da tradução, pois estava ótima, mas sim da autora. Sei que o Rule é rebelde, que anda no meio da galera e tudo o mais, mas acho que a autora abusou da linguagem coloquial, quem sabe se ela tivesse freado um pouco no uso de gírias a leitura seria menos cansativa.

Novamente, o "cansativa" não diz repeito ao enredo ou às características dos personagens. A V&R está de parabéns em tudo, inclusive na capa, que vamos combinar, ficou muito melhor do que a original (e isso é muuuuuuuito raro acontecer).

Mas fora isso, tanto os personagens quanto o enredo são bem construídos. Uma vez que você se acostuma com as falas e os pensamentos cheios de gírias e com a quantidade absurda de "mina" (ou então você pode ignorá-los (foi o que eu fiz)), a leitura corre rapidinho. Os primeiros capítulos foram difíceis, demorei um tempinho, mas depois do 5o ou 6o capítulo, a leitura foi rápida e quando vi já estava no final do livro.

Ainda bem que já comprei o 2o livro, porque estou curiosa com a história do Jet e da Ayden. Espero que V&R lance os outros livros sem muita demora...ninguém merece essa sofrência de ter que ficar esperando uma vida para o lançamento da continuação!
Vocês podem encontrar o livro para compara nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Casas Bahia, Cultura, Extra, Ponto Frio.

Outros links: Skoob e Goodreads
                                                              ~*

Como já falei no começo do post, 'Na Sua Pele' é o primeiro livro de uma série intitulada 'Homens Marcados', que conta com 6 livros até o momento. A Editora V&R acabou de lançar o segundo livro, ou seja, logo mais farei resenha dele aqui no blog, mas ainda não se manifestou sobre os demais livros. Espero que não demore! Abaixo estou colocando os livros na ordem de leitura:

                    * Livro 01 - Rule - Na Sua Pele 
                    * Livro 02 - Jet - Notas Quentes 
                    * Livro 03 - Rome
                    * Livro 04 - Nash
                    * Livro 05 - Rowdy
                    * Livro 06 - Asa

Espero que vocês tenham gostado.

Beijos,
Mari.

0 recadinhos :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...