Mary Oliveira - Princesa Implacável

Oi gente!

Hoje trouxe para vocês algo novo, algo nacional.

Um tempinho atrás fechamos parceria com a autora Mary Oliveira, sim, eu sei, muitos(as) de vocês não a conhecem, mas quem anda pelas terrinhas Wattpadianas já leu alguma coisa dela. Para quem ainda não conhece, vale a pena conferir o trabalho dela, recomendo.

Eu tinha lido 'Princesa Implacável' assim que ela me mandou, mas como algumas coisas aconteceram, só agora consegui desenvolver o rascunho da resenha que eu havia feito durante a leitura.

Em 'Princesa Implacável' conhecemos a história de Hannah, que foi obrigada a se casar com um homem que odiava pois acreditava que ele estivesse envolvido em algo horrível, por assim dizer. Mas será que o que ela tomava como fato, realmente era verdade? Henry seria capaz de algo tão terrível? E com seus beijos, ele começa a craquelar a fortaleza que Hannah tinha construído em volta de si.

Bora acompanhar? :)

"Hannah nunca fora um paradigma no que diz respeito ao seu título de princesa. Na verdade, ela sempre tentara fugir dos padrões estabelecidos pelas leis e doutrinas equivocadamente impostas na sociedade em que vive. E por mais que estivesse sempre disposta a sair do conto de falhas que sua vida era, ela não conseguira. Nunca tivera sequer uma chance. Até agora.

Após ser obrigada a um casamento com um homem sete anos mais velho, homem este responsável por algo terrível na vida de outra mulher, ela se surpreende quando em sua noite de núpcias ele lhe faz uma proposta.
Poderia ser a coisa mais louca que ela faria para fugir de coisas como seu pai e a coroa que com o decorrer dos anos, passou a odiar. Mas era válido e talvez fosse sua última chance.

A questão era que o destino lhe reservara uma surpresa, um imprevisto. E este agiu de forma inexorável ante todos os seus planos. Mas foi o que a ajudou a descobrir o que estava por trás de seu casamento. E principalmente, a começar a entender os motivos que levaram seu marido a lhe oferecer aquele acordo. 

No fim, ela percebera que haviam mais segredos e perigos envolvendo a união dos dois, do que imaginara."

Começamos nossa história com uma Hannah profundamente em negação quanto ao seu recém casamento; um casamento que fora arranjado por seu pai, o príncipe de Cambridbel, e o príncipe de Constia, com a finalidade de unirem seus filhos: Hannah e Henry, e consequentemente os dois principados.

Henry é o sonho de qualquer mulher: lindo, charmoso e um príncipe, literalmente. Quer dizer, de toda mulher, menos de Hannah...

A mocinha é a princesa do principado Cambridbel, que ainda tem tradições muito arcaicas, que englobam a falta de liberdade das mulheres, o que inclui claro, o casamento arranjado. E como a maioria das mocinhas dos romances, geniosa e com ideias novas para seu principado, mas como Cambridbel não é muito aberto na intervenção feminina, Hannah e suas ideias acabam sendo deixadas de lado.

Seu maior rancor quanto ao casamento com Henry, além de não ter tido escolha, é pelo fato de achá-lo um cafajeste provocador, além de condenar um ato horrível que acredita que ele tenha sido o autor.

Na lua de mel, ao ver que sua esposa não seria tão disposta quanto imaginava e que ela era contrária ao casamento dos dois, Henry propões um acordo: se depois de duas semanas de casamento Hannah não quisesse continuar casada com ele, Henry lhe daria o divórcio. E durante a pequena estadia no Hawaii os dois não fazem mais do que se desencontrar.

A princesa Hannah se vê por diversas vezes angustiada com sua situação, e então recorre ao presente que seu pai lhe deu: o diária que sua mãe havia escrito durante a gravidez. Esse diário serve diversas vezes como conselhos maternos no meio das dificuldades vividas por Hannah.

Óbvio que o acordo dos dois acaba saindo pela culatra, pois no decorrer da história vemos que a tensão entre Hannah e Henry é cada vez mais palpável. Além disso, em algumas vezes Hannah pega Henry em ligações misteriosas, e ele se mostra cada vez mais preocupado, até que a notícia do falecimento do pai de Henry chega e eles têm que voltar ao principado de Constia.

No meio de tantos acontecimentos, acordos são rompidos e novos são feitos. Henry fica cada vez mais ausente com as ocupações após o falecimento de seu pai. Hannah, embora muitas vezes eloquente, se mostra solidária à dor de Henry e começa a olhar para ele de uma maneira diferente, vai caindo por ele, principalmente quando o palácio é invadido enquanto Henry não está e durante a fuga, Hannah é atingida, o que faz os instintos protetores de Henry aflorarem ainda mais.

Mas é claro que o passado bate na porta do casal, e com ele, os ciúmes. Como todo bom romance, temos os antagonistas, que em 'Princesa Implacável' se mostra no papel dos irmão Connoly, Theresa e Theodory. O que posso dizer é que esses dois incomodarão no decorrer da história, mas de uma maneira surpreenderá os leitores.

O livro é todo no ponto de vista de Hannah, mas a autora nos dá uma degustação da visão de Henry no capítulo 19. Claro que eu adorei, afinal, vivo falando aqui no blog que adoro histórias no ponto de vista do mocinho...

E então o dia tão esperado da coroação de Hannah e Henry chega, e com ele um novo atentado, muitas vidas são perdidas. Henry conta para Hannah quais foram as consequências do casamento dos dois e que provavelmente os atentados estejam relacionados e chegaram à conclusão de que há traidores no palácio, mas onde e quem são?

Enquanto o casal procura uma maneira de fazer o casamento dar certo, também tentam conciliar os problemas dos dois principado. E quando Cambridbel se mostra à beira do colapso, Henry parte ao sul para resolver alguns problemas, e Hanna fica sozinha e saudosa.

Reviravoltas, boatos e traições. Será que os principados de Cambridbel e Constia conseguirão aguentar a transição do poder? E será que a princesa e o príncipe conseguirão achar a solução para o maior problema de todos?

'Princesa Implacável' é um daqueles livros que eu sempre falo por aqui no blog que se pode ler em um dia porque a leitura flui que é uma beleza, não só a escrita da autora, mas a história rende bastante momentos e reviravoltas.


E aí, gostaram?

Vocês podem adquirir o livro 'Princesa Implacável' da Mary Oliveira no site da Amazon, clicando aqui.

Outros links: Skoob

Lembrando que vocês também podem conferir o trabalho da autora na plataforma Wattpad, que um dia ainda farei um post sobre ele aqui no blog, porque afinal, é onde muitos(as) autores(as) começam! 

Abaixo seguem os links dos trabalhos da Mary Oliveira no Wattpad (é só clicar nos títulos que você será direcionado às páginas):

                 * Doce Pecado
                 * Italiano? Espanhol?
                 * Minha Querida Chefe (capítulos para degustação)

Mary, minha quase xará! Estou acompanhando seus trabalhos e já aviso que quero todos para mim! Hahahahha. - Adorei a capa de 'Princesa Implacável', está linda!

Beijos,
Mari.

0 recadinhos :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...