Cinquenta Tons de Cinza - O Filme

Oi oi gente!

Ontem/hoje assisti o tão aguardado filme do ano.

Vou fazer um post com o mínimo de spoiler para quem ainda não foi assistir, mas informações que farão você se coçar de ansiedade. Hahaha.

Houve muito rebuliço em volta dos livros e mais ainda em volta do filme. O pessoal reclamou dos atores escolhidos... Charlie Hunnam desistiu de interpretar Christian Grey, em seu lugar assumiu Jamie Dornan. Será que Dakota conseguiria representar Anastasia Steele? Afinal, quando o filme sairia? 

Ôh sofrência!

Depois de milhares de teasers, vários trailers e alguns vídeos que vazaram essa semana que acabaram com o nosso psicológico, finalmente chegou a hora de vermos com nossos próprios olhos! Vem conferir comigo!


Não vou dividir o post em pontos positivos e negativos porque sei que muita gente não gosta, eu também não gosto, então vou colocar alguns pontos gerais que acho importante ressaltar sobre o filme:

O primeiro ponto que devo destacar é de como a Dakota Johnson estava ótima no papel de Anastasia Steele. Ó-T-I-M-A-! Ela conseguiu personificar a Ana de maneira incrível, com seu jeitinho cômico e estabanado.

O desempenho de Jamie Dornan deixo para o segundo ponto. Não sei se foi o pouco tempo para se preparar para o personagem ou a falta de conteúdo do mesmo no roteiro, mas achei que faltou alguma coisa para o personagem de Christian Grey realmente decolar.

Antes que me venham me jogando pedras... Jamie Dornan estava ótimo como o adônis literário CG, considero ele um bom ator, tanto que sou fã da série 'The Fall', mas achei que não deram o enfoque necessário no personagem. 

Colocaram bastante coisa sobre BDSM, mas faltaram algumas referências profundas de CG pela visão da Ana. Fora isso, ele estava ótimo, se é que vocês me entendem... Hahaha

Um terceiro ponto que todos no cinema notam, é que puxaram para o lado cômico, desajeitado e estabanado da personagem da Ana. Algo que a Dakota foi ótima na interpretação. E por causa disso o filme rende algumas risadas.

Claro que não poderia deixar de falar sobre a fidelidade do filme para o com livro, e esse é o quarto ponto do post. Pessoalmente, achei determinadas cenas bem fiéis ao livro, principalmente as do Quarto Vermelho da Dor. Como nem tudo é perfeito, senti falta de algumas conversas entre Ana e Christian.


Claro que tiveram cenas que quem não leu o livro não entenderia, ou saberia que determinado ponto foi suprimido ou ficou subentendido. E outras cenas que foram obviamente cortadas, afinal, ninguém ia querer ver CG tirando o absorvente da Ana no telão, não é? Hahaha.

O quinto e último ponto deixo para falar sobre os demais personagens. Claro, que como é uma adaptação, eles teriam que compactar tudo em 125 minutos de filme e focar mais no relacionamento do casal principal, mas não custava nada ter dado uma abertura um pouco maior para os outros personagens, né? 

Rita Ora aparece durante segundos. Vi muita gente reclamando do Elliot, irmão do Christian, mas para mim a aparição dele foi memorável. Hahaha. A única coisa que fiquei chateada é que não deram a devida atenção para a colega de apartamento de Ana, Kate Kavanagh... Mas, de novo, é apenas uma adaptação.
Pessoalmente adorei o filme, não me decepcionei. Mas também fui ao cinema sem expectativa nenhuma, porque o medo de que tivessem detonado com a história de Cinquenta Tons de Cinza era maior do que a ansiedade. Então foi uma boa surpresa ver que meus medos eram infundados.

Claro que é impossível não notar as semelhanças com a série 'Crepúsculo' (Lembrando que 50 Tons originalmente era um fanfic da série). Algumas tomadas do filme remetem você diretamente para determinadas cenas do outro.

Sobre as cenas de nudez e o final? Eita lasqueira! É tudo o que eu digo, ou melhor, escrevo...

Reza a lenda que as filmagens do próximo filme começam agora em junho/julho e que o lançamento será em março do ano que vem, 2016. 

Outra lenda é de que o DVD de Cinquenta Tons de Cinza será lançado agora em março, então logo, logo vocês poderão ter um CG em casa também...

Só sei que a música 'Crazy In Love' da Beyoncé nunca mais será a mesma...

Laters, Baby.
Mari.

0 recadinhos :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...