Julia Quinn - Os Bridgertons 03 - Um Perfeito Cavalheiro

Olá leitores!

Olha quem voltou! A família abecedário voltou com tudo!

Neste terceiro livro, temos a história de Sophie e Benedict, mas é claro que todos da família Bridgerton aparecem no livro, que dúvida né!? Especialmente Lady Bridgerton, que sempre está apoiando os filhos.

Sophie é filha ilegítima, de um conde, e tem sua vida virada ao avesso quando seu protetor morre.

Já Benedict, é o 2o filho Bridgerton, o que é uma coisa óbvia, já que seu nome começa com 'B'.

Os dois se encontram durante o baile de máscaras da família Bridgerton, mas assim como o conto da Cinderela, Sophie também tem que ir embora à meia-noite...
"Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu.

Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhce o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. 

Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. 

O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. 

Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica."

Um romance à la Cinderela.

Mais uma obra de Julia Quinn que me prendeu do começo ao fim. Li em 2 dias, e agora estou agoniada para a próxima aventura dessa família. By the way, quem não gostaria de fazer parte dessa família? A cada livro, me encanto ainda mais com os Bridgertons...

Bom, vamos ao que interessa...

Sophie é fruto de um caso de um conde com uma empregada, uma filha ilegítima, mas é entregue ao conde ainda criança e desde então fica sob seus cuidados. Ninguém na casa falava sobre o fato dela ser filha ilegítima, mas todos sabiam, apesar do conde dizer que ela era filha de um amigo que, após sua morte, ficou sob seus cuidados. Quando o conde se casa, sua esposa chega com suas duas filhas. E a pobre da Sophie só leva cascudos da condessa e suas filhas. E então, quando o conde morre, é que começam as verdadeiras maldades.

Tudo começa quando a madrasta esconde de Sophie o fato de o conde ter deixado uma herança para ela, seu dote. Depois as coisas só vão piorando, a coitada é feita de escrava, essa é a mais pura verdade. Confesso que eu não gostava de ver o desenho da Cinderela justamente por isso, hahaha, ficava com muita raiva da madrasta e das irmãs...

Até que um dia, para ser mais específica, uma noite, é dado um baile de máscaras, e é claro, Sophie tem que fazer tudo, desde ajeitar os vestidos, lustrar os sapatos, arrumar os cabelos... Mas dessa vez, em vez de ratinhos e fada madrinha, como no desenho, Sophie conta com a ajuda dos empregados da casa, e assim como Cinderela, ela deverá voltar para casa à meia-noite...

Benedict sente sua presença, antes mesmo de vê-la. E então, se esquece de tudo. Encantado com a bela, ele a tira para dançar, e quando ela confessa que não sabe dançar, ele se oferece para levá-la para ver o jardim. E assim começa a história dos dois. Pelo menos por um breve momento, pois logo chega a meia-noite e é hora de ir embora. Mas, apesar das semelhanças com Cinderela, em vez de um sapato de cristal, o que Sophie acaba deixando para trás é uma luva.

No dia seguinte, todos estão comentando sobre a mulher de prateado que chamou a atenção de Benedict, mas ninguém sabe quem ela realmente é. Mas a madrasta desgraçada descobre, e a expulsa de casa.

Depois disso, temos uma passagem de tempo de 3 anos, nos quais Sophie está bem longe de Londres, trabalhando como camareira em uma casa no campo. Enquanto isso Benedict está levando a vida, indo em bailes e ainda procurando por "ela".

Mas a vida de Sophie, apesar de mais fácil, está longe de ser um mar de rosas, isso porque ela tem que viver constantemente fugindo das atenções do filho dos donos da casa. Em uma noite, ele está dando uma festa na casa dos pais e, já pra lá de Bagdá, resolve querer se divertir com Sophie, ele e os amigos. E é então que Benedict aparece novamente na vida de Sophie...

Ao correr para ajudar a moça presa entre um grupo de bêbados na festa, Benedict não a reconhece, mas como um cavalheiro, a salva da situação. Então decide levá-la para a casa de sua mãe, à fim de lhe dar um emprego. 

Mas com a convivência, o cavalheirismo dá lugar a um novo sentimento. Mas Sophie, apesar de amá-lo, não está disposta à ter o mesmo destino que a mãe, e correr o risco de trazer uma criança ilegítima, como ela, para o mundo.

Aí ficamos um bom tempo da leitura nessa questão. Ele correndo atrás dela, ela quase cedendo, até que ela dá um VRÁÁÁ nele e decide ir embora. Mas eis que então, a madrasta desgraçada ressurge das trevas, e o resto vocês só vão saber ao ler o livro! Hahahha, sorry! 

No texto, a autora usa bastante o termo 'bastarda', mas aqui na resenha não utilizei, porque acho muito agressivo, e tem uma conotação muito pejorativa. Como vocês notaram, a resenha foi um pouco maior do que o normal, porque escutei que algumas pessoas acharam o começo chatinho e pararam de ler...

Vocês podem encontrar o livro para compara nos seguintes sites: Casas Bahia, Cultura, Extra, Fnac, Ponto Frio, Saraiva.

Outros links: Skoob e Goodreads
                                                                     ~*

Abaixo está a sequência dos livros da série. A Editora Arqueiro lançou, até o momento, apenas até o 2o, mas já divulgaram o nome e a capa do 3o. A partir do 4o livro, os nomes são provisórios. Ah, do lado vou colocar o nome dos irmãos.

        * Livro 1 - O Duque e Eu (Daphne Bridgerton & Simon Basset)
        * Livro 2 - O Visconde Que Me Amava (Anthony Bridgerton & Kate Sheffield)
        * Livro 3 - Um Perfeito Cavalheiro (Benedict Bridgerton & Sophia Beckett)
        * Livro 4 - Os Segredos de Mr. Bridgerton (Colin Bridgerton)
        * Livro 5 - Para Sir Phillip Com Amor (Eloise Bridgerton)
        * Livro 6 - O Conde Enfeitiçado (Francesca Bridgerton)
        * Livro 7 - Um Beijo Inesquecível (Hyacinth Bridgerton)
        * Livro 8 -  A Caminho do Altar (Gregory Bridgerton)

Beijos,
Mari.
Capa Original

1 recadinhos :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...